Consultar Processo No INSS

abr 20, 2021 Consultar

Grande parte  da população ainda não tem conhecimento de que é possível consultar processo no INSS de forma virtual. Este é um processo rápido e pouco burocrático. Neste artigo você vai aprender como realizar essa consulta e por que estes processos estão se tornando cada vez mais comuns.

Atualmente têm crescido muito o número de processos administrativos contra o INSS. Por este motivo foi criado um sistema jurídico com o objetivo de oferecer mais autonomia e agilidade aos cidadãos, que podem realizar algumas consultas em suas casas com poucos cliques.

Você pode  realizar a consulta da seguinte maneira: entre na plataforma e-Recursos (você pode usar seu computador ou o navegador de seu celular). Logo na página inicial você encontrará uma área focada para consulta. Informe os dados que serão pedidos (protocolo, CPF e número do processo).

Depois, clique em  ‘Consultar’. Essa é a forma mais rápida de realizar  a conferência destes dados.

A seguir iremos destacar os principais fatores que fazem com que as pessoas processem o INSS. Indicamos que você leia atentamente, pois você pode estar sendo lesado por este sistema.

O primeiro e mais comum caso de processo são por procedimentos de aposentadoria (que englobam todos os casos: invalidez, aposentadoria por idade, auxílio-acidente e auxílio-doença).

Este problema tem crescido ainda mais por conta das medidas federais de corte de gastos e outros projetos socioeconômicos.

Tais cortes são refletidos principalmente nas populações mais pobres do país, que por sua vez tendem a necessitar cada vez mais de auxílios financeiros, como o auxílio emergencial criado durante a pandemia do covid-19 ou o bolsa família.

Ao abrir um processo contra  o INSS você mostra ao governo suas insatisfações com este e outros sistemas, além  de ir atrás de seus direitos garantidos pela constituição.

Assim, a previdência se torna um dos poucos recursos que a população procura para garantir seu sustento. Logo, quando muitas pessoas ficam insatisfeitas, o sistema deve, teoricamente, mudar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *