Placa Mãe - Motherboard 

Basicamente, uma das partes mais importantes para o funcionamento de um computador é a sua placa-mãe.

Ela é responsável por fazer a conexão entre os componentes que fazem parte do computador.

Ou seja, a placa-mãe liga o processador, teclado, mouse, o disco rígido, a memória RAM e todos os outros componentes, ligando-os entre si. Existem vários tipos de placas-mãe, desde as mais antigas até as mais recentes, até os tipos que variam conforme a utilização que terá a placa.

Alguns dos tipos de placa mãe são:

 

  • AT (Advanced Tecnology): esse tipo de placa-mãe foi bastante usado entre os anos de 1983 e 1996. Com o avanço tecnológico, este tipo de placa tornou-se obsoleta, pelo seu pouco espaço interno. Os novos elementos dos computadores (tais como mais slots de memória RAM, novos mais numerosos cabos e etc.) não eram mais suportados pela AT.
  • ATX (Advanced Tecnology Excedente): as placas ATX foram criadas para dar conta das limitações da AT. O que, em grande medida e nas devidas proporções, foi realizado com sucesso.
  • Baby AT: a Baby AT é uma AT reduzida, em tamanho menor.
  • BTX: surgiu em 2003, lançada pela Intel. Foi uma tentativa de atualização e substituição da ATX. Hoje em dia está obsoleta.
  • ITX: criada pela VIA Technologies em 2001. Iniciativa para uma placa mais barata, indicado para quem utiliza o computador para acessar internet e editar textos.
  • LPX: sua principal diferença é a maneira em que é disposta e seus modos de conexão com os periféricos.
  • NLX:  é a mais recente e mais utilizada hoje em dia. Ela é considerada uma junção dos melhores recursos das placas anteriores.